sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

FELIZ TARIFA NOVA...

Feliz tarifa nova!
Naiana P. de Freitas.



Se hoje,2 de janeiro de 2009, nós perguntássemos a uma criança soteropolitana: o que você quer ser quando crescer? Ela possivelmente responderia: VEREADORA. Por que? É o emprego mais seguro em época de crise financeira, conquistável pois se exige um insuficiente ensino médio. Não é necessário saber inglês, francês, computação..esqueça este clichê moderno: seja um profissional global!. Eles são eleitos e conquistam a coroa com o poder. Aquele que era bonzinho, professor, médico torna-se o defensor do povo, apenas no discurso é claro. Somente o discurso é tão valoroso. Apenas com o discurso e com o excesso de inércia, eles garantem os vencimentos que somam e ultrapassam a casa de R$ 9000. E quando tomam posse daquela preciosa cadeira da câmara. Defendem a si próprios.Clamam por assistência, benefícios com tanta ira e decência. E em conseqüência o eleitorado é esquecido, menosprezado..A lógica destes senhores do poder é lúcida. Veja-se porque: somos 40 na assembléia, é muito pouco para quase 3 milhões de soteropolitanos. È pesado, por conta disso sofremos com acúmulo de funções..E assim o poder permanece nas mãos sagazes de poucos. Se são poucos os escolhidos, é bom desde cedo incutir na cabeça de seus filhos, sobrinhos, afilhados: Seja um vereador profissional! Assim em 2013 será possível usufruir as graças provindas dos cofres públicos. E continuar a garantir um acréscimo de quase 30% em seus “Vereadizíacos” vencimentos. E em contrapartida oferecer ao povo com todo prazer e calor um aumento de 20% na tarifa de ônibus. Pela lógica política é um aumento imperceptível. Acredito que seria se fossem descontados dos R$ 9000 recebidos para fazer muita graça.Bobos em uma corte em que borbulham a violência, as alagações, os estupidamente cheios transportes urbanos. Aliás, é preferível ser um bobo rico do que um bobo pobre, excluído e esperançoso. Desejo-lhes a vocês uma FELIZ TARIFA NOVA! Desejemos juntos, assim praticaremos a solidariedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!