domingo, 8 de fevereiro de 2009

Alguns Trechos não meus...que inspiraram-me talvez.

" Então,sabendo que ele a estava observando,em vez de dizer qualquer coisa,ela se voltou,sempre com a meia na mão, e olhou para ele.E ao fazê-lo,começou a sorrir,pois embora ela não tivesse pronunciadouma só palavra,sabia ele,sabia-o com certeza, que ela o amava." V. Woolf.( p. 129. Passeio ao farol).

"Não sei porque nasceu em mim desde sempre a idéia profunda de que sem ser única nada é possívell"C. Lispector


" A carne é um peso díficil de se carregar. Mas é díficil o que nos incumbiram, quase tudo o que é grave é díficil: e tudo é grave."RAINER MARIA RILKE, Cartas a um Jovem poeta. p. 38

Um comentário:

  1. Bem faz tempo que não comento, como não marcar não é, Nai? Poderosas essas marcas, deixaram-na com certeza mais sensível e provaram que há ainda mais dessa virtude a se mostrar.
    Clarice, bem o que direi já até iniciamos uma conversinha sobre isso, quero terminá-la.
    Os Outros não mentirei não conheço a não ser por vc Rainer Maria Rilke.
    Me ajude Deus a ter tempo e conseguir ler as indicações de meus dois grandes amigos!
    Entre estas as Cartas a um Jovem Poeta!
    Que um dia Nai (só amigos poderão a chamar assim) torne-se inspiração a outros desejosos escritores!
    BEIJOS!
    EDUARDO.

    ResponderExcluir

Obrigada!!!