domingo, 1 de agosto de 2010

será que é no intuito de travar uma discussão hiper-super-mega feminista?

A doença às vezes, traz algumas oportunidades inusitadas. Como por exemplo, assistir a um filme bem velho em frente a tv. Neste domingo, a doença me proporcionou isto. Assisti ao velho filme: Um lugar chamado Notting hill. Na verdade, assisti ao fim do filme, ou precisamente a parte que Julia Roberts, não sei o nome da personagem que representa no filme, para em frente a Hugh Grant  e diz,quer dizer, mais ou menos diz assim: "lembre-se que sou apenas uma mulher pedindo para um homem para ser amada".Essa é a questão,porque capturei essa frase? será que é no intuito de travar uma discussão hiper-super-mega feminista?

Não.

É para chegar a pergunta elementar, que todos desejamos. Ou ao assunto primordial que move a maioria.:Ser amado, desejado, adorado por alguém. E por isso, necessito discutir isto longamente, em um próximo momento , até quem sabe discutindo, a questão de gênero...

Freitas, Naiana. 01/08/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!