terça-feira, 21 de junho de 2011

Trecho do conto: A bela e a fera ou a ferida grande de mais.

Trecho do conto: A bela e a fera ou a ferida grande de mais.
 Este conto é simplesmente bastante significativo. Somente uma leitura na íntegra poderá significar todos esses significados. A dúvida tomou-me: qual trecho escolher? Se não o texto inteiro? Mas, obedecendo a certa organização... Optei por citar uma parte mesmo, quem sabe duas ou três e mais tarde o texto inteiro?
"[...] Não se lembrava quando fora a última vez que estava sozinha consigo mesma. Talvez nunca. Sempre era ela-com os outros, e nesses outros ela se refletia e os outros refletiam-se nela. Nada era- era puro, pensou sem se entender. Quando se viu no espelho- a pele trigueira pelos banhos de sol faziam ressaltar as flores douradas perto do rosto nos cabelos negros-, conteve-se para não exclamar um “ah”!-pois ela era cinquenta milhões de unidades de gente linda”.p.95
Ou:
“[...] que paciência tinha que ter consigo mesma. Que paciência tinha que ter para salvar a sua própria pequena vida. Salvar de quê? Do julgamento? Mas quem julgava? Sentiu a boca inteiramente seca e a garganta em fogo-exatamente como quando tinha que se submeter a exames escolares. E não havia água! Sabe o que é isso-não haver água?”p.99
 ®Naiana Freitas, 21 de junho de 2011.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!