sábado, 29 de outubro de 2011

Bilhete para o Sintaxe...


Bilhete para o Sintaxe...
...
Desculpe,
......
Estes foram dias de piscadela... Foi difícil piscar os olhos para você e não poder dizer o que queria. Por puro cansaço. E por muita agonia... Tanta aflição que me fez pensar o que queria dizer e não podia. Porque foram raros os momentos que não pensei nesses dias. Hoje novamente cheguei à conclusão: sinceramente tenho que diagnosticar para minha soul: não leia jornal, não assista jornal, nem propaganda, nem nada...Só conheça o mundo por teoria. Porque não tenho entendido bem essa prática de ser vivente. Tenho dúvida se somos humanos. Será que somos? Tudo de cabeça para baixo, e as pessoas pagodeando é de cima para baixo... Relaxa que eu encaixo... O que é que se faz? Um consultório psicanalítico geral para casos de emergência, internamentos ajuda? Parece que o avô Mariano estava certo: “O mundo já não era um lugar de viver. Agora, já nem de morrer é...” COUTO. Mia. Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra. São Paulo: Companhia das letras, 2003.p.23.

Abraços meus...
®Naiana Freitas, 29 de outubro de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!