sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Versificação...

Versificação...

Para ela minhas rimas são pobres,
Para ela minhas rimas são sem cadeia,
Digo para ela: você não sabe sentir;
E não te conto mais.

®Naiana Freitas, 07 de outubro de 2011

3 comentários:

  1. Estou passeando por sua Casa. prazer em conhece-la Naiana. Já estou a te seguir.
    Com carinho,
    Sil

    "Se pensar bem, você acaba encontrando
    não a explicação (duvidosa) da vida,
    mas a poesia (inexplicável) da vida."

    [Carlos Drummond de Andrade]

    ResponderExcluir
  2. Duda, ela é a versificação, estava de rusga com a teoria se eu fosse contarasminhas silábas poéticas não iria dar em nada...entendeu? é tdo muito livre o que escrevo,por isso divertido para mim.
    abraço apertado,
    obrigada!
    :D

    ResponderExcluir

Obrigada!!!