sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Paulo Leminski : Apagar-me

Paulo Leminski : Apagar-me

Apagar-me
Diluir-me
Desmanchar-me
Até que depois
De mim
De nós
De tudo
Não reste mais
Que o charme

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news03/article.php?storyid=421#ixzz1dRRhylyY

®Naiana Freitas, 11 de November de 2011

Um comentário:

Obrigada!!!