quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Eternamente dois...

Eternamente dois

Eram dias sem noites
E noites sem dias
Eram suas pegadas
Pegadas nas minhas

Eram sóis,
Chuvas
E tempestades,

Eram risos
E gargalhadas,
Eram suas lágrimas,
Lágrimas minhas

Eram dóceis,
Saúvas
E selvagens,
Rolinhas

Eram
Eternamente dois.

©NPFreitas, 26 de janeiro de 2012.

Um comentário:

Obrigada!!!