sábado, 18 de fevereiro de 2012

"'Que se danem os nós""

"...Outra hora era o nada
A vida presa num barbante
Eu quem dava o nó
[...]
Que se danem os nós "

Ana Carolina





Naiana Freitas, 18 de fevereiro de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!