segunda-feira, 10 de setembro de 2012

“Uma única Sabedoria, que se acha em toda a parte” /Herman Hesse.




“[...] Sempre almejei o conhecimento; sempre abriguei em mim grande número de perguntas. Consultei os brâmanes, ano por ano, e consultei os sagrados vedas, ano por ano, e consultei os piedosos samanas, ano por ano. Talvez, ó Govinda, fosse igualmente oportuno, sensato e proveitoso interrogar uma ave ou um chimpanzé. Gastei muito tempo e ainda não cheguei ao fim, para apenas aprender isto: que não se pode aprender nada! Acho eu que a tal coisa que chamamos “aprender” de fato não existe. Existe, sim, meu amigo, uma única sabedoria, que se acha em toda a parte. É o Átman, que está em mim e em ti e em qualquer criatura. E por isso começo a crer que o pior inimigo dessa sabedoria é a sede de saber, é a aprendizagem.”


In: HESSE, Hermann. Sidarta. Tradução Herbert Caro. 9º edição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. 1972.  p.18

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!