sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Da série: Poderia ter dito, ou já disse, mas citando está bem melhor...




"[...] O avanço na cultura e nos costumes é mais difícil. “Enquanto a mulher brasileira for liberal na rua mas machista em casa, o avanço será apenas econômico”, afirma a historiadora Mary Del Priore. A mulher brasileira também se apega mais a tradição do que a americana e a europeia. O casamento, no país, ainda tem um valor social tão ou mais forte que o afetivo. “Ter marido e filhos, no Brasil, ainda parece prova que você é bem sucedida”. Diz a antropóloga Mirian Goldenberg, professora da Universidade federal do Rio de Janeiro.  “É o que chamamos de marido como capital.” A importância dada ao casamento no Brasil cria mulheres mais ansiosas e submissas nos relacionamentos.”


Retirado de: CORONATO, Marcos et al. A guerra dos sexos acabou?. In: Revista época, 8 out.2012. p.74 (grifo meu)

Naiana Freitas, 19 de outubro de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!