sábado, 9 de março de 2013

Poema da pergunta (ou qualquer coisa parecida).


O que faço com a  minha indignação?
Ponho no bolso...
Se o bolso for falso
Compro uma bolsa
Se a bolsa pesar?
Ponho no armário...
Se o armário quebrar?
Ponho na ponta do lápis
Se o lápis perder?
Ponho digitada,
Enjaulada,
Em papel oficio.

Quando morrer...
Sem bolso, armário,
 Lápis na mão...
Colem no caixão
O ofício escrito:
"Aqui jaz uma indignada nativa,
Levou consigo a indignação."

Naiana Freitas, 09 de março de 2013.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!