sábado, 14 de novembro de 2015

Envelhecendo...

Você descobre que está envelhecendo, não pelos cabelos brancos que aparecem...nem pelas coisas idiotas que finge não ver..Percebe que está envelhecendo pelas pessoas que se vão sem adeus e não voltam mais...e pelo uso discreto do termo "falecer" no lugar de "morrer" ...Talvez o eufemismo seja para não impactar aquele que diz e aquele que escuta...É só uma convenção em forma de linguagem..como aquela que diz: "meus sentimentos", "meus pêsames" ...Só quem "perde" sabe a dor de "perder"...não sou eu ou você que vai desviar a morte de sua trajetória....Para a morte, só o consolo da saudade e o silêncio do respeito... Por incrível que pareça a presença da morte nestes tempos me ensinou a viver...e a certeza que faço o melhor que posso pelos meus...porque quando a morte chega você não pode enviar recado...é preciso aprender, então aprendo.


Naiana Freitas, 14 de novembro de 2016.