domingo, 6 de dezembro de 2015

Posso ter perdido o que não precisava....

E, hoje após refletir descobri que não perdi uma terceira perna, ganhei um tiro no pé que pela hiperbólica capacidade metafórica incomodou feito lança na carne.... Mas, sorte foi a minha em perceber que posso ter perdido o que não precisava....Lendo um trecho da Paixão Segundo G.H cheguei a esta conclusão... Clarice Lispector disse-me o que senti ontem, talvez anteontem: “[...]estou procurando, estou procurando. Estou tentando entender[...]Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda.[...] A isso quereria chamar desorganização, e teria a segurança de me aventurar, porque saberia depois para onde voltar: para a organização anterior. Isso prefiro chamar desorganização pois não quero me confirmar no que vivi....” E, por não aceitar o que vivi como parte de mim, é melhor acreditar que estava sob a égide de uma “desorganização profunda”.... Em lucidez percebi que eu preciso mesmo é retornar a minha “organização anterior” porque isso para mim é confirmar o que sou, ou melhor, “a minha montagem humana.”

Naiana Freitas, 03 de dezembro de 2015. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada!!!